A Maldição do Número Treze | Guia Das Loterias

A Maldição do Número 13

Quem nunca ouviu falar sobre a maldição do número treze? Presente desde a época de Cristo, a representação do número um mais três passou a intrigar as pessoas e o resultado disso fez com que muitos evitassem qualquer coisa que estivesse associado a isso. Se reunir com treze pessoas à mesa, jamais. Contar para a família que está grávida antes de atingir a 13ª semana de gestação, nem pensar. Morar no 13° andar, é preferível procurar outro apartamento. Sair na sexta-feira 13, só se for do quarto para cozinha, assim é possível preparar um lanche e passar o dia assistindo Netflix.

São muitas histórias que fazem as pessoas refletirem até que ponto isso é verdade. Você sabia que no Apocalipse 13, por exemplo, está escrito sobre o anticristo?  Para se ter uma ideia, dizem que antes de ser crucificado em uma sexta-feira, Jesus celebrou uma ceia com treze participantes e um deles o traiu.

Outra teoria bastante estudada vem da mitologia nórdica. Em um banquete, no qual 12 deuses foram convidados, Loki, deus do fogo e da trapaça, apareceu sem ser convidado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito entre os deuses.

Vale ressaltar que muitas pessoas até hoje preferem não sentar à mesa com 13 convidados. Especula-se também que é por esse motivo que os conjuntos de mesa são sempre vendidos em grupos de quatro, seis ou doze. Convidar 13 pessoas para um jantar pode trazer azar.

Triscaidecafobia

Você já ouviu falar em triscaidecafobia? Tão complicado de dizer, mas imagine só ter que viver com um medo irracional do número 13. Considerada uma doença, as pessoas que possuem essa característica, não suportam a possibilidade de ver ou estar perto de qualquer objeto ou pessoas ligadas ao número 13.

O que é a maldição do número 13?

A maldição do número 13 é um dos temores mais antigos da humanidade, com séculos de referências negativas ligadas ao numeral. Para grande maioria das pessoas, o número 13 significa azar e costuma ser evitado para não trazer má sorte.

Onde se originou a maldição do 13?

É difícil saber onde a maldição do número 13 se originou, mas um dos primeiros a registrá-la foi Pietro Bongo, um numerologista italiano que viveu durante o século 16. De acordo com o historiador Vincent Foster Hopper em seu livro “Medieval Number Symbolism: Its Sources, Meaning, and Influence on Thought and Expression”, Bongo atribuía uma maldade inerente ao número, destacando que os judeus murmuravam 13 vezes contra Deus no êxodo do Egito; que o salmo 13 fala sobre maldade e corrupção; que as circuncisões em Israel acontecem aos 13 anos; etc.

Outros exemplos para essa referência não faltam, e eles variam de religião, nacionalidade e até de cultura. Se pegarmos o catolicismo, por exemplo. Judas, que traiu Jesus, foi o 13º pessoa da Santa Ceia. O judaísmo, por sua vez, acredita que a própria Santa Ceia ou a Crucificação aconteceram no 13º dia do calendário judeu.

Na história do mundo moderno, o número 13 também tem importância. Tradicionalmente, os condenados davam 13 passos para as guilhotinas. As execuções e prisões dos Cavaleiros Templários começaram na sexta-feira 13 de 1307.

A espaçonave Apollo 13, lançada com destino à lua em 17 de abril de 1970, foi a única missão mal sucedida para a Lua. Era esperado que a Apollo 13 realizasse o terceiro pouso tripulado na lua, depois de um dos tanques ter explodido durante a viagem. Os tripulantes conseguiram retornar em segurança à Terra seis dias depois, mas nunca conseguiram completar sua missão principal.

Dois anos depois, em 13 de outubro de 1972, outro acidente envolvendo naves e o número 13 aconteceu. O voo 571, da Força Aérea do Uruguai, caiu na Cordilheira dos Andes. Dentro do avião estavam 45 pessoas, incluindo um time de rugby e pessoas ligadas aos jogadores. Este acidente é conhecido pois apenas 16 pessoas sobreviveram, resgatadas dois meses depois. Para resistir ao forte frio e as condições adversas, estes tiveram de comer carne dos próprios companheiros mortos. A história foi eternizada no filme norte-americano Alive, de 1993.

Na numerologia, o número 13 é carregado de conflitos e mudanças - o 12, por exemplo, é considerado o número perfeito.

Nos esportes, não é diferente. Grandes nomes da história do esporte americano vestiram a camisa 13, mas ficaram conhecidos por nunca vencer um título. O quarterback Dan Marino, do Miami Dolphins, jogou por 16 anos na NFL, a principal liga do futebol americano no mundo, foi oito vezes escolhido para o time ideal da liga, foi eleito o melhor jogador em 1984, foi nove vezes selecionados para o Pro Bowl (uma espécie de jogo das estrelas), ganhou uma série de títulos, passou para mais de 61 mil jardas áreas, detém 31 títulos de sua franquia - mas nunca ganhou o Super Bowl, o título máximo do esporte.

Outro exemplo é do canadense Steve Nash, armador do Phoenix Suns, Dallas Mavericks e Los Angeles Lakers. Jogando na NBA, a liga norte-americana de basquete, por 19 temporadas, Nash foi eleito duas vezes o melhor jogador do ano, foi oito vezes selecionado para o jogo das estrelas, três vezes para o time ideal, mas nunca ergueu o troféu Larry O’Brien - o de campeão da NBA.

Maldição do número 13 verdade ou mito?

Há crenças de que alguns números trazem boas energias para nossas vidas, e outros trazem má sorte é bem subjetiva. Isso porque, cada um tem uma história em que alguns números estão presentes com conotação positiva, de sorte e felicidade e outros parecem estar presentes apenas em situações negativas. Exemplo disso, é o número 13.

Conhecido como o número universal do azar, ele é capaz de assustar muitas pessoas e apesar de não ter nenhuma comprovação científica sobre suas teorias, isso gera um desconforto a ponto de alguns indivíduos pedirem a troca de assentos em uma viagem ou mesmo adiarem seus compromissos marcados para uma sexta-feira 13.

A maldição do número treze nas loterias

Acredite se quiser mais o número 13 é um dos números menos sorteados nas loterias. Alguns experimentos já foram feitos com o propósito de saber se o número 13 carrega de fato seu legado dentro do mercado de apostas.

As loterias escolhidas foram Loteria de Natal El Gordo, Loteria OZ Semanal, Loteria Irlandesa, Mega Sena, Loteria Alemã e Euromilhões. Os números de maior sorte em loterias foram o 23, 27, 32, 33,38 e 40. Sim, o treze não está nesta lista, afinal ele é um número de azar até mesmo quando se trata dos jogos nas loterias.

Importante destacar que isso não significa que ele não possa sair em algum bilhete. Portanto, se você o considera seu número da sorte e quer continuar insistindo, vá em frente, uma hora ele pode aparecer e você se torna o próximo milionário.

Números que menos saem nos resultados das Loterias

No Brasil, existem várias modalidades de apostas e para cada uma existem os números que mais saem e os que menos saem. Na mega-sena, por exemplo, os números que não tem muito destaque são:

l  26

193 vezes

l  55

199 vezes

l  22

203 vezes

l  21

205 vezes

l  15

206 vezes

l  3

211 vezes

Já os que saem com frequência são:

l  53

267 vezes

l  10

266 vezes

l  5

256 vezes

l  23

256 vezes

l  33

256 vezes

l  4

253 vezes

Tudo vai depender do bilhete que resolver comprar.

Números que mais saem nos resultados das loterias

Os números que mais saem nas loterias espalhadas pelo mundo são 23, 27, 32, 33,38 e 40.

Loterias mais fáceis de acertar

 Confira abaixo uma lista com três das loterias federais mais fáceis de acertar!

1 - Loteria Federal

 A Loteria Federal é a loteria mais tradicional e fácil do Brasil. Sua probabilidade de ganhar é de 1 em 5.

2 - Dia de Sorte

A loteria Dia de Sorte também aparece na nossa lista como uma das mais fáceis loterias federais. Suas chances de acertar as 7 dezenas são de 1 em 2.629.575.

3 - Lotofácil

O nome lotofácil não é por acaso: a chance de ganhar nesta loteria é de 1 em 3.268.760.

Aposte online nas loterias com a Intersena

Acredite na sua sorte para ser o próximo milionário 

Agora que você já sabe tudo sobre a maldição do número 13 e suas probabilidades de sair na loteria, vale refletir se ainda deseja apostar com ele. Afinal, para muitos e suas infinitas teorias, o número 13 representa a má sorte, mas, por outro lado, algumas pessoas chegam a considerá-lo bastante. O jogador de futebol Zagallo, por exemplo, jogou por anos com sua camiseta 13 e conquistou vários campeonatos que o tornaram inesquecível.

O que mostra que isso não interfere diretamente na vida de todo mundo. No fim, o que importa é continuar apostando, seja no 13 (seu número favorito) ou em outros que preferir. E se for com a Intersena, melhor ainda!



Voltar



Noticia: 379

iCred

Compre seus créditos antecipadamente e jogue quando quiser.

BOLETIM DIÁRIO

Cadastre-se e receba nossos boletins diários com resultados, data de sorteios, avisos e promoções

VEJA OS DEPOIMENTOS

Depoimentos

Muito pratico.... já ganhei vários prêmios vale a pena tentar... confio na INTERSENA.

Ana Aparecida da Rosa Brasil ESTIVA-MG

Usamos cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Entendi.